idéias sucessoElmer Leterman escreveu: “Em qualquer atividade, o ser humano pode dobrar sua capacidade de produção da noite para o dia se começar a fazer imediatamente tudo o que sabe que precisa fazer e parar de fazer as coisas que sabe que não deve fazer.” De acordo com o pensamento de Leterman, nós mesmos somos os responsáveis por bloquear o caminho que nos levaria ao sucesso.

Ao ler sobre sucesso em vendas, motivação e realização profissional, talvez você perceba que já conhecia muitas das ideias apresentadas, mas nunca as colocou na sua lista de “coisas a fazer hoje”.

Por quê? O que nos impede de colocar em prática nossas boas ideias? O que nos leva a esquecer de aplicar as estratégias que nos deixarão mais perto do sucesso?

A resposta está na nossa metodologia de recepção, armazenamento e utilização de dados. Em uma sociedade inundada de informações, somos condicionados a lidar com as ideias como um deposito que opera segundo o principio “último a entrar, primeiro a sair”. Em outras palavras, a grande novidade de hoje provavelmente nem será lembrada amanhã.

O paradoxo dos tempos atuais é que todos nós reclamamos da sobrecarga de informações e, no entanto, estamos sempre querendo saber mais. Sofremos com o excesso de informações e a falta de conhecimento sobre o que fazer com elas. Na verdade, 80% daquilo que lemos, ouvimos ou vemos durante o expediente de trabalho normal é inútil e até contraproducente para a realização de nossos objetivos.

O primeiro passo para resolver esse problema é aplicar a gestão de informações os mesmos princípios que aplicamos a gestão do nosso tempo.

Quem administra com eficiência o próprio tempo sabe que o segredo para estabelecer prioridade é identificar o que é mais importante e mais urgente. A eficiência na gestão de informações exige que determinemos o que é mais útil e que pode ser usado de imediato. Todas as informações que não se enquadrarem nessa categoria devem ser arquivadas ou descartadas. Mas as informações imediatamente úteis devem ser aplicadas no cotidiano.

Um profissional de vendas que já era bem-sucedido aprendeu recentemente uma nova técnica para concluir um negocio. Ele achou o método tão eficiente que o escreveu 12 vezes em sua planilha de planejamento anual para se lembrar; mês após mês, de manter o foco no que é essencial. Em sua definição de como chegar ao sucesso, ele disse: “O progresso não consiste na captação de novas ideias, mas na aplicação mais frequente das que melhor funcionam.” Todos sabem que o que conta não é o que sabemos, a única coisa que importa é o que fazemos. Coloque essa ideia na pratica.

Colocando as boas ideias em prática

2 ideias sobre “Colocando as boas ideias em prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *