produtividadeA universidade de Michigan realizou uma importante pesquisa a respeito de como o ânimo influencia a produtividade em vendas. Trata-se de um trabalho inovador e raro na área de psicologia que visa abordar atitudes que os vendedores podem tomar para administrar seu estado de espírito.

Tirar à tarde de folga, descontar o mau humor em outra pessoa ou mesmo ir a um bar certamente não são técnicas eficazes para reanimar ninguém. Na verdade, elas podem levar a mais depressão e a uma queda ainda mais acentuada no rendimento. As descobertas científicas levam a crer que, quando se estar desanimado, há três caminhos possíveis para se recuperar a energia e o autocontrole – e eles não custam nada:

  1. Fazer exercícios. Quando sua mente estiver estressada, exercite o corpo. Você literalmente queimara aquilo que o deixou de cabeça quente.
  2. Trabalhar mais. Quando as coisas não funcionam do jeito que você planejou, não espere mais dos outros, exija mais de si mesmo. Faça mais uma tentativa. Dê a você mesmo outra chance de fechar um negocio. Não fique se remoendo: vá a luta e tente algo novo.
  3. Conversar com um mentor. De nada adianta ficar remoendo um problema sozinho. Conversar com alguém nos obriga a organizar os pensamentos, o que nos permite controlar as emoções.

Quando aprendemos a avaliar os acontecimentos de maneira objetiva, construtiva e otimista, nosso espírito se eleva e nossa produtividade aumenta.

A relação entre estado de espírito e produtividade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *