Motivação – Prioridade na vida

Evidente que, para viver, precisamos do básico, mas não de um punhado de coisas que vamos acumulando ao longo da vida. Do mesmo modo, se pensarmos bem, chegaremos à conclusão de que não precisamos sequer fazer tanto quanto fazemos, ações que, não raro, pensamos ser imprescindíveis.

A idéia de “vou fazendo, vou fazendo” tornou-se muito desgastante e dispendiosa para o atual estilo de vida de nossa sociedade. Fazer muitas tarefas nem sempre é produzir algo realmente importante, uma das prioridades de nosso cotidiano.

Dê uma “geral” em sua vida, faça um balanço de suas atividades e avalie o grau de importância delas. Relacione as atividades, depois classifique-as por ordem de importância. Você vai descobrir que faz muito e que a maior parte das tarefas você apenas executa, de maneira automática e sem entusiasmo. Dentro de suas atividades, procure classificar os itens que relacionou para responder a esta pergunta: “é prioridade fazer isto?”.

Toda vez que estiver num momento de indefinição em relação a algo em sua vida, faça essa pergunta a você mesmo. Muita gente está se transformando numa verdadeira generalidade ambulante, escrava do “faz, faz, faz…”, mas, independentemente disso, nada muda na vida delas. Quando nos empenhamos naquilo que foge de nossa prioridade, somos meros tarefeiros; mas, quando nos empenhamos no que está dentro de nossas prioridades, realizamos algo importante para nossa vida.

Perguntar-se sobre nossas prioridades exige coragem para encarar a verdadeira resposta e praticá-la adequadamente. Ninguém deve levar uma vida com “sacolas existenciais” penduradas por todo o corpo, tentando equilibrar tudo a todo momento. Muito do que carregamos nem sequer nos pertence, e temos pouca ou nenhuma noção disso.

Defina o que realmente pertence à sua vida, o que de fato é parte integrante de suas atividades e hospede em sua morada apenas os filhos de seu coração.

Fonte: Livro Superdicas para Motivar sua Vida

Motivação – Prioridade na vida
Classificado como:                                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *