Engana-se quem pensa que funcionário fantasma é coisa de repartição pública. A iniciativa privada também tem os seus,mas não do tipo que pendura o paletó na cadeira e recebe salário sem trabalhar.Falo de profissionais que trabalham direitinho,seguem as normas e tudo o mais,mas cujo trabalho não tem expressão,não aparece,não tem motivação.Com isso,eles tornam-se invisíveis para a organização.

Voce há de concordar comigo que é um tanto difícil crescer na carreira e ter sucesso quando se é invisível, não?Por isso, é importante que avalie seu grau de visibilidade e motivação na empresa e,caso chegue à conclusão de que é pequena,tome providências para aumentá-la.

Comece com a avaliação da função que exerce. Se ela não demanda responsabilidades nem exige que você recicle conhecimentos,ela não lhe dá chances de visibilidade.Neste caso,é melhor sair daí o quanto antes!Se puder, mude de função ou busque alternativas para expandir seu raio de ação,contribuir com o trabalho de outros departamentos ou assumir novas atribuições.No mundo de hoje,até funções ficam obsoletas.pode levar algum tempo para a empresa descobrir que um cargo perdeu o sentido,mas você não ficará esperando que isso aconteça,vai?

Avalie como são suas interações profissionais. Seus superiores costumam pedir sua opinião?Os colegas compartilham dúvidas e lhe pedem sugestões?Você é convocado para participar de projetos especiais?Se essas situações ocorrem com pouca freqüência, você deve ser mesmo invisível.Precisa se mostrar interessado pelo o que acontece além da sua mesa de trabalho,trocar mais informações com os colegas e aumentar a interação com os superiores.Reivindique tarefas mais complexas e maiores responsabilidades.Mostre do que é capaz!Para ser visível, tem de ousar,correr riscos e dar a cara para bater.

Funcionários capazes de prever e antecipar às necessidades do mercado são altamente valorizados.Esse é o segredo para o sucesso.


Voce é visível ou invisível em sua empresa?
Classificado como:                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *