Dicas de como atingir as suas metas

Dicas de como atingir as suas metas

Selecione uma meta específica

Primeiro, o que você quer? Escolha uma meta ou desejo. Se você pensa imediatamente em várias metas, elas se assemelham de alguma forma? Por exemplo, se você quer terminar a tempo os seus projetos, completar uma tarefa e começar a praticar exercícios, tudo isso está relacionado com a sua motivação. Se você pensa em várias metas que não se assemelham, escolha uma para começar.

A maneira como você pensa a respeito da sua meta faz uma grande diferença. Você pode pensar sobre a mesma meta de uma forma que facilite alcançá-la ou que a torne quase impossível. As perguntas a seguir vão garantir que você esteja pensando na sua meta de forma a torná-la mais fácil de atingir.

Certifique-se de que sua meta esteja formulada em termos do que você quer, e não do que não quer. Por exemplo, se a sua meta é “Quero que meus colaboradores parem de se queixar”, ou “Quero parar de me sentir mal quando minhas propostas não são aceitas”, ou “Quero não falar tão rápido durante as minhas apresentações“, você está pensando no que não quer.

Mas você pode facilmente transformar isso no que você quer. “Quero que meus colaboradores assumam a responsabilidade por suas tarefas.” “Quero aceitar meus feedbacks como oportunidades de melhorar minhas propostas e técnicas de comunicação.” “Quero ser consciência da minha voz ao falar e ter flexibilidade para ajustá-la, quando quiser.”

Quando as pessoas pensam no que não querem, ou no que querem evitar, quase sempre é isso que produzem em suas vidas, porque é nisso que suas mentes estão focalizadas. Esses são mais alguns exemplos dos efeitos das frases estruturadas na negativa. Passar a falar o que você quer, e não o que não quer, é simples e faz uma enorme diferença.

Certifique-se de que sua meta esteja formulada de uma forma que você mesmo possa alcançá-la, não importa o que as outras pessoas fizerem. Se suas metas exigem que outras pessoas mudem, mesmo que essas mudanças sejam uma boa idéia, isso o faz mais vulnerável e impotente. Significa que você não será capaz de ter o que quer se não conseguir que os outros mudem. Embora todos nós queiramos coisas dos outros e para os outros, é importante formular nossas metas de modo que sejamos capazes de alcançá-las, não importa o que as outras pessoas fizerem.

Isto pode parecer impossível ou egoísta de início, portanto vamos fazer alguns exercícios. Vivenciar nossas próprias habilidades e forças pode fazer uma diferença extraordinária. Diga que sua meta é: “Quero que meu chefe para de me criticar.” Visto que isso exige que seu chefe mude, é uma coisa que foge ao seu controle. Esta meta o coloca em uma posição vulnerável, dependente da mudança do seu chefe.

Se você a formular assim, “O que posso fazer, ou vivenciar, que me permitirá permanecer cheio de recursos, não importando o que o meu chefe pense?”, o responsável por sua meta será você. Isso lhe permite ter noção do seu próprio valor e habilidade para agir mesmo quando o seu chefe o criticar. Talvez você precise se sentir mais seguro nessas ocasiões, e capaz de discernir com o que você concorda ou não. Essa segurança o coloca em posição muito mais vantajosa, porque poderá conseguir o que deseja, permanecendo cheio de recursos e sem perder a confiança, mesmo que o seu chefe continue a criticá-lo.

Vejamos um outro exemplo. A sua dificuldade é: “A minha melhor funcionária se demitiu e eu a quero de volta.” Visto que você não tem nenhum controle sobre se ela vai voltar ou não, você pode se perguntar, “O que a volta dela faria por mim?” Talvez o relacionamento de trabalho entre vocês dois fosse a melhor coisa que você já teve. Talvez ela fosse eficiente e o fizesse saber quando suas instruções não estavam claras. Talvez você se sentisse à vontade delegando-lhe tarefas, o que lhe permitia sentir-se satisfeito com o que fosse realizado.

Agora você tem uma relação de metas sob o seu controle. Você pode encontrar outras formas de tornar a sua vida e suas habilidades de comunicação mais eficazes. Você pode achar outros meios de se sentir confortável e aprender a delegar poderes a outras pessoas eficientes. Você pode fazer tudo isso se aquela funcionária voltar ou não.

Faça este mesmo tipo de reformulação com sua meta, se necessário. Certifique-se de que ela esteja realmente estruturada na forma positiva e que é algo pelo qual você pode fazer alguma coisa.


Um comentário sobre “Dicas de como atingir as suas metas

  1. Oi Juliano,

    eu trabalho como psicóloga em uma organização e gostei muito do teu texto. Vou trabalhar com ele. Essa é a linguagem que eu uso, ou seja, coloque a responsabilidade em suas mãos, não projete nos outros. Trabalhe no positivo. Parabéns pelo texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>